Venda de produtos de origem animal do RS é autorizada em SC como auxílio a produtores afetados pelas chuvas

  • 23/05/2024
(Foto: Reprodução)
Segundo a Cidasc, medida vale por 90 dias. SC autoriza a entrada de produtos de origem animal do RS Cidasc/ Divulgação A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) vai permitir a entrada e venda de produtos de origem animal registrados nos serviços de inspeção municipal e estadual do Rio Grande do Sul. A medida, que vale por 90 dias, busca ajudar produtores gaúchos afetados pelas chuvas. Antes da medida, autorizada pela Portaria n.º 1.114, da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), os produtos não podiam ser comercializados fora do estado vizinho. ✅Clique e siga o canal do g1 SC no WhatsApp Para o ingresso dos produtos a Santa Catarina, no entanto, é necessária uma autorização de trânsito emitida pela Superintendência Federal de Agricultura e Pecuária do Estado do Rio Grande do Sul. A Cidasc informou, na quarta-feira (22), que vai disponibilizar, no site oficial, uma lista dos estabelecimentos aptos a vender esses produtos, garantindo a segurança e a qualidade alimentar para os consumidores. Decisão atende a pedido A presidente do Cidasc, Celles Regina de Matos, afirma que a procedência dos produtos é controlada pela companhia e pelo Mapa. "Essa medida aliviará significativamente a carga das pequenas empresas, pois os produtos gaúchos de pequenas propriedades da agroindústria familiar poderão ser revendidos em estabelecimentos espalhados por vários estados brasileiros, já que atualmente não há condições de logística dentro do estado do Rio Grande do Sul", destaca. A decisão atende a uma solicitação da Associação Gaúcha de Laticinistas e Laticínios (AGL) pela flexibilização das regulamentações vigentes para garantir a continuidade da venda dos produtos de origem animal produzidos no estado. Conforme a Cidasc, documento da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul contabiliza 1.792 agroindústrias formalizadas no estado, sendo 637 de produtos de origem animal registrados nos Serviços de Inspeção Municipal (SIM) ou Estadual (SIE), fato que impedia a comercialização fora do território gaúcho. Leia também: Prejuízos na agropecuária causados pelas chuvas no RS ultrapassam R$ 2,5 bilhões Cidades de SC que 'adotaram' municípios do RS enviam comboios de ajuda humanitária Dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM) da última sexta-feira (17) mostram que os prejuízos causados pelas chuvas no Rio Grande do Sul no campo já ultrapassam R$ 2,5 bilhões. Segundo a entidade, R$ 2,3 bilhões são apenas na agricultura, enquanto na pecuária os danos chegam a R$ 226 milhões. ✅Clique e siga o canal do g1 SC no WhatsApp VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias

FONTE: https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2024/05/23/venda-produtos-origem-animal-rs-autorizada-em-sc.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes