Idoso é condenado à prisão em SC por estupro contra a esposa de 73 anos

  • 15/05/2024
(Foto: Reprodução)
Ele também precisará pagar R$ 50 mil à vítima a título de indenização por danos morais. Laudo apontou que agressão sexual provocou ferimentos na idosa. Um idoso de 75 anos foi condenado a 20 anos e cinco meses de prisão pelo estupro da própria esposa, de 73 anos, informou o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) . Ele também precisará pagar R$ 50 mil à vítima a título de indenização por danos morais. O caso, divulgado na terça-feira (14) pelo MP, ocorreu em uma cidade do Vale do Itajaí. Um laudo pericial comprovou que o estupro causou ferimentos na vítima. O réu poderá recorrer em liberdade. O nome do condenado não foi informado pelo Ministério Público em função do segredo de Justiça. Por isso, o g1 não localizou a defesa do homem. ✅Clique e siga o canal do g1 SC no WhatsApp O crime foi enquadrado como estupro marital. De acordo com o MPSC, o réu obrigou várias vezes que a esposa mantivesse relações sexuais com ele. O estupro é definido como constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso. No caso do idoso, houve aumento de pena porque foi cometido contra cônjuge. Ainda agravou a pena o fato de o estupro ter sido cometido contra uma vítima maior de 60 anos. Conforme a denúncia do MPSC, a violência sexual ocorreu na residência do casal e o marido se aproveitou do afeto com a vítima e coabitação para ameaçá-la e forçá-la a ter relações sexuais com ele. O casal estava junto há 51 anos. O registro do crime aconteceu após a vítima fazer uma consulta médica no posto de saúde. Ela havia se queixado de dores nas partes íntimas e um boletim de ocorrência foi feito. Agressão a idosa resultou em condenação Reprodução/TV TEM Consumo de cigarros e comprometimento da renda A prevalência do consumo de cigarros e os riscos das substâncias associadas ao tabaco são uma preocupação em Santa Catarina. Dados de pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam que o consumo de cigarros compromete 7% da renda familiar per capita mensal. Números da Pesquisa Vigitel 2023, do Ministério da Saúde, e feita nas capitais brasileiras traz números expressivos sobre o uso em Florianópolis. Na capital, o percentual de adultos fumantes é de 13,7%, através somente de Porto Alegre, com 13,8%. Somente entre os homens, o índice é de 17%. ✅Clique e siga o canal do g1 SC no WhatsApp VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias

FONTE: https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2024/05/15/idoso-condenado-em-sc-estupro-esposa-de-73-anos.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes